Visita rendeu

O Blog Observatório dos Cocais acompanhou de perto a preparação e visita do vice-governador Carlos Brandão e comitiva a Coelho Neto, o que rendeu boas informações que lhes trago após um leve descanso.

Não contem com gratificação… Teria sido a notícia dada pela Secretária Municipal de Educação, Beth Ferreira, para os professores em cargos de direção escolar e comissionados durante o encontro em que foi apresentado calendário escolar na última quinta-feira (18/02) no Teatro Municipal.

Se vazar vai pra rua… Foram as palavras ditas em tom de ameaça para os educadores pela ex-primeira dama, e mãe do prefeito Bruno Silva, Suely Almeida, que não queria vazamentos sobre o calote pelo segundo mês seguido calote nas gratificações dos professores.

Vai ficar feio… Em nota emitida no início do mês sobre o tema, quando a prefeitura de Coelho Neto não pagou as gratificações referente ao mês de janeiro, a Secretária Municipal de Comunicação afirmou que o prefeito Bruno Silva já havia autorizado o pagamento das gratificações do mês de janeiro na folha de pagamento de fevereiro, junto com as gratificações referente ao corrente mês.

Ou seja… Este mês os educadores em cargo de confiança deveriam receber duas gratificações (janeiro/fevereiro) junto com seus respectivos salários, e vão ficar sem nada.

Contudo… A prefeitura de Coelho Neto depositou ontem (18/02), nas contas de alguns servidores, o pagamento do terço de férias do exercício de 2021. No entanto, apenas professores receberam, vigias, auxiliares de serviços gerais e demais concursados não tiveram seus 1/3 de férias depositados.

O que especulam na surdina… É que o terço de férias está sendo pago já no início do ano para forçar uma economia às custas do professores. Se o prefeito deixasse para pagar no final do ano ou no mês de aniversário, como é comum nos demais municípios, teria que incluir na base de cálculo do pagamento o valor das gratificações, pagando agora só calcula em cima do salário.

Em resumo… Neste início de governo Bruno Silva castiga os professores, principalmente os que fizeram campanha para lhe colocar no comando do município, duas vezes. Afinal, serão dois meses sem gratificação, e o terço de férias será beeeeeem menor do que deveria. (e tome taca)

A expectativa… É que o pagamento para os demais servidores seja concluído na próxima semana, após a segunda cota do FPM cair na conta do município, o que aconteceu na sexta-feira (19/02).

Constrangimento… Após o encerramento da solenidade, quando todas as autoridades já se preparavam para sair do palco o prefeito Bruno Silva pediu a palavra para fazer um pedido.

Reconhecendo a quebra de protocolo… E falando diante o público composto em sua imensa maioria de servidores municipais contratados e comissionados, o prefeito solicitou do vice-governador que o governo estadual assumisse o compromisso de reformar o Mercado Municipal, o mesmo que o pai dele fechou quando foi prefeito e impôs duro abandono.

Sinuca de bico… Diante os olhares ansiosos do público presente, não restou ao vice-governador outra saída, teve que dizer sim para o pedido.

Acharam ruim… A turma do prefeito Bruno Silva não curtiu nada o fato do vice-governador Carlos Brandão sair do teatro municipal direto para a casa ex-prefeito Américo de Sousa, nas redes sociais foi só reclamação e recalque.

Voltamos a qualquer momento com mais informações.

 

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *