Vigilância Sanitária fiscaliza abatedouros de Coelho Neto

Carne tem sido alvo de fiscalização constante por parte da Vigilância Sanitaria

A Vigilância Sanitária de Coelho
Neto tem percorridos os abatedouros e açougues da cidade, o objetivo tem sido
conferir as condições das carnes que chegam até a mesa dos coelhonetenses. A ação visa garantir a qualidade da carne, e a salubridade dos ambientes em que
são tratadas.

Os fiscais estiverem no Matadouro
do Brasileirão, e no Matadouro Frisol. No matadouro Brasileirão os fiscais
encontraram um local com condições limpeza dentro do aceitável, e algumas irregularidades
quanto à pintura, mas nada impeça o local de funcionar. Contudo o proprietário
foi notificado a se adequar. O proprietário justificou que já está promovendo
uma reforma no local.



Vigilância Sanitária estive no Matadouro Brasileirão  

Já no Matadouro Frisol foi
encontrado um local completamente abandonado, não havia no nenhum funcionário
presente, e nem vestígio de que algum animal tenha sido abatido naquele lugar. “Esperamos
no local por mais de uma hora, nenhum funcionário apareceu durante a visita, nem chegou caminhão
transportando animal para o abate. Logo não tivemos como verificar as condições
de abate, nem as condições do animal, e agora ficamos sem saber a origem da
carne que tem sido comercializada na cidade pelo Frisol”, falou Ronaiby César
coordenador da Vigilância Sanitária.



Matadouro Frisol estava completamente abandonado


A Vigilância Sanitária Municipal
tem feito um trabalho de fiscalização ostensivo, todas as terças-feiras e quinta-feira
tem ido até os matadouros acompanha o processo de abate e qualidade da carne,
que tem sido inspecionada criteriosamente, tudo para garantir um alimento de
qualidade a população.   
Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *