Soliney barrará nomeação de Márcia Bacelar para a Saúde

Ao final de novembro de 2016, Soliney Silva, então prefeito de Coelho Neto, enviou para a Câmara de Vereadores projeto de lei proibindo no âmbito do Executivo Municipal a nomeação em cargo comissionado de pessoas condenadas por crime de responsabilidade, proposta que foi aprovada no plenário do legislativo e sancionada pelo então prefeito, sendo convertida na Lei Municipal 673/2016.

Ontem, terça-feira (08/12), o agora prefeito eleito Bruno Silva (PP) anunciou Márcia Bacelar para o comando da Secretária Municipal de Saúde, mas acontece que a ex-prefeita tem um grande números de condenações em órgãos como TCE e TCU, inclusive confirmadas pela Câmara de Vereadores coelhonetense, também há condenações na Justiça Estadual, Superior Tribunal de Justiça, e Supremo Tribunal Federal, assim sendo, a ex-prefeita está perfeitamente enquadrada na Lei da “Ficha Limpa Municipal”, aprovada pelos nossos vereadores e sancionada por Soliney em 2016.

Como o Blog Observatório dos Cocais já previu ontem, a nomeação de Márcia Bacelar deverá ser questionada tão logo seja publicada no Diário Oficial, a ex-prefeita será vítima de uma Lei criada e sancionada por Soliney que tentava em 2016 impedir a nomeação de outra “Bacelar” para a Secretaria de Saúde, 04 anos depois poderá enfim ter sucesso.

Soliney mirou no que viu, e terminou acertando o que não viu.

Confira a Lei Municipal na íntegra AQUI.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *