Secretário Saúde rebate prefeito de Teresina que acusou o Maranhão de flexibilizar o isolamento social.

Carlos Lula do Maranhão repreende prefeito de Firmino Filho.

Através das redes sociais, o Secretário Estadual da Saúde do Maranhão, Carlos Lula, respondeu ao prefeito de Teresina, Firmino Filho, que dias atrás solicitou ao governador Flávio Dino para reforçar o isolamento social no estado.

No entendimento do prefeito da capital piauiense, a flexibilização do isolamento social no Maranhão estava trazendo prejuízos para a o combate a pandemia do novo coronavírus em Teresina, onde já existiam sete pacientes maranhenses em UTIs da capital piauiense.

Replicando a própria postagem do prefeito de Teresina que informou na rede social que a capital piauiense apresentou 38% de isolamento social na sua última medição, o Secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, colocou que as explicações do prefeito não encontram justificativas para tal preocupação e Timon não pode ser motivo de preocupação maior para o crescimento da doença em Teresina.

Carlos Lula observou que o combate ao novo coronavírus não deve separar a união entre os dois estados e nem dar espaço a conclusões precipitadas.

O secretário finalizou desejando boa sorte ao prefeito Firmino Filho e recomendando que ele cuide de Teresina que o Maranhão está fazendo seu trabalho de combate a doença. Lula ressaltou que São Luis atingiu nível de isolamento social de 56% na sua última medição e Timon continua disponibilizando leitos de UTIs caso seja preciso por algum paciente.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *