Rubens Junior: retórica afiada

Rubens Pereira Junior durante entrevista a TV Guará na última segunda-feira (02/09)

Na última segunda-feira (02/09) o Secretário de Estado Rubens Pereira Junior foi o convidado do programa Diálogo dos Rangedor apresentado pelo Deputado Estadual Yglésio Moyses, exibido semanalmente pela TV Guará e que tem como principal público a população de São Luís.

Durante a entrevista temas diversos foram tratados, sendo assunto recorrente as ações da Secretaria de Estado das Cidade, atualmente comandada por Rubens Junior.

No entanto, como não poderia deixar de ser, a eleição municipal foi tema em determinado momento, com o entrevistador questionando sobre uma eventual pré-candidatura de Rubens Junior ao Palácio La Ravardière, atualmente ocupado pelo prefeito Edvaldo Holanda.

Logo de início Rubens Junior esclareceu que seu foco atual é exclusivamente a SECID, pontuando que para ter algum conforto eleitoral é preciso que a gestão seja bem sucedida, e citou como exemplo o Governador Flávio Dino (PCdoB) que teve sua reeleição com relativa tranquilidade em grande parte devido a excelente gestão do estado.

“Hoje eu estou focado na secretaria, é como se estivesse pilotando um carro de fórmula 1. Não dá pra parar e pensar em eleição, se não vou bater o carro. Primeiro a geste resolve a gestão e depois a gente resolve a política, a política acompanha a gestão. A lógica é, primeiro a gente está bem com o povo, e depois faz o dever de casa da política”, esclareceu.

Ao ser questionado se na condição de ilustre desconhecido teria condições de chegar ao 2º Turno da Eleição para a Prefeitura de São Luís, Rubens Junior desmistificou quanto ao fato de ser um político de fora da capital, explicando que sempre esteve entre os dez deputados federais mais votados em São Luís, detalhando que vem obtendo mais votos em São Luís que muito políticos que construíram carreira na cidade.

“Aqui (São Luís) é a cidade que nasci, a cidade que estudei, casei, trabalhei, a cidade que eu conheço, e que hoje é por onde eu trabalho”, argumentou Rubens Junior.

Quanto à possibilidade de alguém que aparece na rabada das pesquisas eleitorais chegar ao segundo turno, Rubens Junior analisou o contexto de forma fria e certeira

“Em janeiro de 2016 quem liderava todas as pesquisas e era virtual prefeita de São Luís, Eliziane Gama. Todo mundo dizia que o prefeito Edvaldo não tinha chance nenhuma, o que aconteceu? Durante a eleição Eliziane diminuiu; surgiu Wellington (do curso) que diminuiu; surgiu o Braide que em janeiro era desconhecido, não era nem candidato e terminou indo para o segundo turno; e quem ganhou a eleição foi o prefeito Edvaldo. Eleição de 2012, Flávio Dino liderava as pesquisas e decidiu não ser candidato, quem naquele momento quem aparecia bem na pesquisa eram dois candidatos, João Castelo e Tadeu Palácio, Tadeu não foi para o segundo turno, quem foi para o segundo turno foi Edvaldo que inclusive venceu a eleição. Voltando um pouquinho mais, eleição de 2008, Castelo foi eleito prefeito de São Luís. Quem liderava as pesquisas no início não era Castelo, era Raimundo Cutrim, que tinha sido secretário de segurança, tinha sido eleito deputado estadual em 2006 e tinha grande impacto em São Luís. Naquela eleição nós tivemos Cutrim, Cleber Verde, Pedro Fernandes, Gastão Vieira, e quem foi para o segundo turno começou com 2%, Flávio Dino. O que eu quero dizer, não é atoa que São Luís é a ilha rebelde, é porque de fato a eleição em São Luís não é decidida por partido, não é decidida de forma cartorária, e não é decidida antecipadamente, a eleição de São Luís se decide durante a campanha e por isso que a gente deixa esse debate para o ano que vem”, concluiu Rubens Junior.

Eloquente e sisudo, Rubens Pereira Junior mostrou que está com discurso afiado, e quem tem domínio para discutir São Luís com conhecimento e profundidade. Conhece a história, tem os dados na mão e vem fazendo o dever de casa.

Voltamos a qualquer momento com mais informações

Abaixo você confere a entrevista na íntegra: 

Faça um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá 👋
Como podemos te ajudar?
Envie-nos uma mensagem agora para obter ajuda.
Powered by