Pura Hipocrisia: Assis Filho quer expulsão de Eduardo Cunha e Sergio Cabral do MDB

Assis Filho em reunião com Roseana Sarney, que teve o nome exposto
em lista de propina da Odebrecht
O Secretário Nacional da Juventude, e presidente da “facção” Jovem do MDB, Assis Filho, ameaça pedir a expulsão do ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral; e do ex-presidente da câmara de deputados, Eduardo Cunha; da agremiação política. 
“A saída deles é uma forma de oxigenar o partido e mostrar à sociedade que não comungamos dessas práticas”, diz Assis Filho. O assunto será discutido pelo grupo em março. Caso até lá os dois políticos, presos em decorrência da Lava Jato, continuem filiados, “passarão por esse constrangimento de terem a expulsão solicitada”, afirma o líder jovem.
Sergio Cabral e Eduardo Cunha estão atualmente cumprindo penas por crimes relacionados à Operação Lava-Jato. Mesma operação que também apontou conduta criminosa por parte do Senador Edison Lobão; da ex-governadora Roseana Sarney, e do ex-presidente José Sarney. 
Para integrantes do clã Sarney, Assis Filho não pede punição alguma, tendo suas práticas criminosas passando incólumes pelo crivo do secretário de juventude. 
Tudo mera conveniência e jogo de cena.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *