Procurada Geral do Município faz esclarecimento sobre desapropriação

Procuradora Geral do Município Francisca Meire ao lado do delegado Sidney Tenório 
Na tarde de hoje (24), a Procuradora Geral do Município, advogada Francisca Meire, fez alguns esclarecimentos acerca do processo de desapropriação movido pelo ex-prefeito Soliney Silva (PMDB) contra os ocupantes de propriedade de terra no bairro Bom Sucesso. 
A manifestação da Procuradora seu deu em grupo de WhatsApp, e foi em resposta a postagem feita pelo Blog Direto ao Assunto CN. Na tarde de ontem fiz uma postagem onde alguns esclarecimentos a respeito da desapropriação são feitos, confira clicando aqui
Confira na íntegra a manifestação da Procuradora: 
Em respeito aos leitores e em respeito à verdade. 
1. Quem representa o jurídico do Município sou eu e Américo nunca tratou desse assunto comigo. O processo é público qualquer um pode ver que eu ainda me manifestei nele.
2. Não existe acordo verbal na justiça.
3. A juíza não faz acordo com o autor. O autor faz com o réu e ela homologa.
4. A medida que será executada é uma liminar concedida no ano passado. Quem protocolou foi a PGM da época.
5. Quando chegar o momento seremos obrigados a nos manifestar nos autos e assim faremos.
6. A PGM funciona de segunda a sexta-feira de portas abertas. Recebo todos que me procuram. Fiquem a vontade para confirmarem seus posts antes de postarem. 
Obrigada

Errata: Um leitor atento nos chamou atenção de que o termo correto é desocupação, pois se trata de desocupar um terreno. Desapropriação é quando a prefeitura requer um terreno ou patrimônio pertencente a terceiro. Fica aqui a correção. 

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *