POR UM TRIZ: 03 desembargadores votam pela inelegibilidade de Ricardo Murado, que pode ficar fora das eleições

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão começou a julgar, mas não concluiu, o recurso ao processo em que o ex-secretário de Saúde do Governo Roseana Sarney (MDB), Ricardo Murad (PRP), foi condenado a perda dos direitos políticos por abuso de poder nas eleições municipais de 2012.
O julgamento sobre a inelegibilidade de Ricardo Murad foi suspenso após pedido de vistas do juiz Itaércio Paulino da Silva quando o placar pela manutenção da sentença que condenou Murad estava em 3 a 1 pela inelegibilidade. A sessão foi adiada para o próximo dia 21 de agosto.
Como ainda faltam dois juízes votar, pode ainda empatar. Caso isso venha ocorrer, o que parece pouco provável, o presidente da Corte, Ricardo Dualibe, dará o voto de minerva.
O parecer do procurador eleitoral é pela manutenção da condenação que pode tornar Murad inelegível.
Do Jorge Vieira
Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *