Pergunta inquietante do dia

Atolado até o pescoço com
pendencias judiciais o ex-prefeito de Coelho Neto Soliney Silva tem apontado
sua metralhadora contra a atual administração da cidade. Tentando vender a
imagem de vítima Soliney usa de todas as armas ao seu alcance para atacar
o governo, e agora passou a acusar uma perseguição da qual estaria sendo vítima.
A ira de Soliney é motiva pelo
bloqueio judicial de seu patrimônio e bem como de toda sua família em um processo Ministério
Público Federal (MPF), que apontou diversas irregularidades na gestão do FUNDEB
entre os anos de 2009 e 2011.   
Em uma das muitas acusações que
o ex-prefeito faz, ele diz que sua nora teria sido demitida da Unidade de
Pronto Atendimento (UPA) em Timon, local onde ela teria ingressado por meio de
seletivo, e o motivo teria sido perseguição política contra ele.
Soliney diz que nora foi demitida em Timon por perseguição politica 
A nora do ex-prefeito é
médica, tendo inclusive trabalhado no Município de Coelho Neto em 2016. Médica da qual
muito profissionais que conviveram com ela lembram com carinho, pois era sempre
muito dedicada e atenciosa no trato com os pacientes. Drª Andressa Chaves chegou a trabalhar por algum tempo na UPA de Coelho Neto, eu não sei ao certo informar a
data em que ela começou lá, mas sei que ao final de novembro foi “DEMITIDA” do seu
emprego na cidade.  

Sim, Soliney demitiu a própria nora! 

Nora do ex-prefeito de Coelho Soliney Silva foi demitida pelo próprio Soliney
ao final de novembro de 2016 
As razões da demissão da
médica Andressa Chaves de seu trabalho em Coelho Neto nunca foram conhecidas,
um dia ela simplesmente deixou de vim e ninguém na Secretaria Municipal de
Saúde em Coelho Neto explicou porque ela teria saído, e nem mesmo quem
trabalhou com ela soube os motivos. O próprio Ministério Público Estadual (MPE)
viu a demissão da médica como irregular, apontando que o ex-prefeito agiu no sentido de esvaziar os serviços de saúde Coelho Neto.
Agora pergunto, demitir a própria nora do emprego dela enquanto Soliney foi prefeito não tinha
problema nenhum, mas ela ser demitida, se é que foi mesmo demitida, em Timon é
perseguição?

Soliney, quando você demitiu a médica Andressa Chaves você estava
perseguindo a quem, a seu próprio filho ou a população que lhe rejeitou de
forma esmagadora?

Perguntar não ofende…  
Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *