Oligarquia tenta impedir obras da Ponte Central-Bequimão

O MDB, partido da ex-governadora Roseana Sarney e do presidente Michel Temer, manobra na Justiça para tentar interromper as obras da Ponte Central-Bequimão.
A sigla impetrou representação no TRE por suposta propaganda eleitoral antecipada, após o governo do Estado divulgar imagens de carretas chegando ao Maranhão com o material para a construção da ponte sobre o Rio Pericumã. A ação movida pelo PMDB é vista como mais uma tentativa do grupo Sarney em judicializar as eleições no estado.
Chega do material para construção da ponte Central-Bequimão deixou clã Sarney em polvorosa
Digitais do coronelismo

Aliado de Roseana, o prefeito de Bequimão, Zé Martins (também do PMDB), chegou a mandar a Guarda Municipal interditar a principal via de acesso ao Centro do município para impedir a passagem das carretas pelas principais vias cidade.
Prefeito de Bequimão usou guarda municipal para tentar impedir passagem dos caminhões
Transparência administrativa
Na representação, o MDB usa como argumento postagem do governador Flávio Dino (PCdoB) comemorando a chegada das estruturas da ponte. Desde que iniciou sua gestão, Dino se notabilizou por usar as redes sociais para comunicar as ações de governo. Para o governador, isso representa “
transparência administrativa em tempo integral”.
Flávio Dino se posicionou sobre a estratégia judicial do partido de Roseana. “Querem usar o Judiciário para impedir coisas boas para a população. Uma vergonha”, lamentou.

Do John Cutrim

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *