O que restou


Coelho Neto está no chão, e destruída. 
Quem
entra na prefeitura hoje, e visita os gabinetes toma um choque e tanto. As pastas,
com documentos, contratos e convênios simplesmente se foram. O que se vê são
prateleiras, armários e estantes vazias. Ainda há uns pouco documentos lá
dentro, mas insuficientes para qualquer trabalho.
Em conversa com um ex-servidora que
estava de passagem pela prefeitura, ela relatou disse que todos os documentos
da prefeitura foram levados para o Instituto de Previdência, quando a CEMAR
cortou a energia pela primeira vez. Disse que ela mesmo trabalhou nessa mudança
de documentos. Além dos documentos foram levados alguns computadores e
impressoras. Mas que apenas uma parte desse material retornou para a prefeitura
alguns dias atrás.

Sala onde funcionava a tesouraria.  
Ela também relatou que o livro de
protocolo dos processos foi levado embora, levaram também os processos que as
secretarias elaboravam e enviavam para a prefeitura, tudo sumiu.

Os computadores que ainda permanecem
lá foram todos formatos, resta neles apenas o sistema operacional. Não há
quaisquer resquícios de documentos, salvos. Não foi encontrado o registro dos
servidores municipais, nem historio de pagamento, nem comprovação de vinculo. É
como se a prefeitura não tivesse funcionário nenhum!
Aqui era feita a gestão financeira do município. 
Não há também dentro da prefeitura nenhum registro
bancário, não foi localizado o computador em que se encontrava o sistema gerenciador
do banco, por onde a prefeitura realizava as mais diversas transações. Até o
momento a situação financeira do município é desconhecida pelo atual gestor.
Da prefeitura fui visitar outras repartições
públicas. O cenário é desolador! Muita bagunça, descaso, abandono. O novo
governo já imaginava um início difícil, mas a situação está pior do que se
esperava.

O que sobrou da secretaria de obras. 
Do que foi possível ver do que sobrou da secretaria
de obras, foram diversos carros de mão destruídos, maquinas com pneus carecas,
e vazando óleo por todo lado. 
Onde funcionava a TV Difusora, houve
uma verdadeira limpa. Não há lá sinal algum do equipamento da TV. O estúdio
completamente vazio, até o ar-condicionado sumiu. Os transmissores que fazer a
repetição do sinal da TV Globo e Band estão queimados.   

Onde funcionava a TV Difusora. O equipamento simplesmente sumiu.
Transmissores queimados. Globo e Band deixaram de funcionar. 
Livros armazenados de forma impropria. 
Na
escola José Barreto, livros são novos ainda embalados são armazenados em local
improprio, sem o menor cuidado. Sala úmida e infestada por cupim. No
laboratório de informática há computadores depenados, bancada destruída pela
unidade e ação de cupins.   

Laboratório de informatica da Escola José Barreto.
Computadores depenados, bancadas destruídas.  

    
Comentários do Facebook