O Golpe dentro do Golpe

Chegou até o conhecimento do Blog Observatório dos Cocais que o clima entre a turma de servidores desmamados, aqueles que recebiam até alguns anos atrás vantagens generosas por muito pouco trabalho, não é dos mais amistosos. Havendo entre eles duras trocas de palavras nada elogiosas, com alguns chegando a abandonar os grupos de WhatsApp para mobilização. 
Os desentendimentos começaram, porque na cabeça de alguns desses ex-apaniguados a mobilização tem que ser feita não para reivindicar direitos, mas sim para desgastar o Governo Municipal. Tanto que planejavam para essa semana uma “invasão” a Secretaria de Educação e Cultura, o objetivo era bancar de insatisfeitos e tentar um quebra-quebra lá dentro.
No entanto, uma voz levantou entre eles e os convidou para agir com serenidade, sendo de pronto rejeitado pelos outros, que só querem tumultuar. Dessa forma, surgiu entre os apaniguados um segundo grupo, esse mais disposto ao diálogo e muito mais maduro, que buscou auxílio no Poderes legalmente constituídos, o que é péssimo para os planos do bagunceiros. 
Turma da bagunça se recusou ir ao Ministério Público, e tentou esvaziar ida dos outros servidores
Se os “motivos” que eles apontam para estarem insatisfeitos for resolvido, ainda mais com o envolvimento do Ministério Público, a turma da bagunça não terá mais como fazer ataques ao Governo Municipal, uma vez que suas intenções sempre foram agir de forma política no sentido de serem no futuro candidatos a algum cargo eletivo no futuro. Mas para alcançar sucesso, eles sabem que dependem de uma pauta negativa contra o Governo Municipal, para que assim eles se promovam facilmente. 
Outro ponto que não agrada o envolvimento do Ministério Público, é porque assim não tem chances de conseguirem tomar na Justiça o Sindicato dos Servidores Públicos, uma vez que dificilmente o órgão de fiscalização e controle se envolverá em uma disputa interna entre os associados da entidade. 
Os bagunceiros estão tão revoltados com a turma nova que se formou, que vocês podem observar nas imagem divulgadas que eles não foram para a Reunião no Ministério Público, e também não participaram do encontro no Fórum Municipal. E ainda tentaram de todas as formas impedir que as reuniões acontecessem, disparando mensagens para que outros servidores não se unissem e desse mais força ao segundo grupo. 
Também não foram para reunião no Fórum 
Esse gesto deles apenas demonstra muito bem que essa turma nunca esteve preocupada com os interesses dos Servidores Públicos, que a disputa sempre foi política. O que sentem é amargura pelos cargos e dinheiro fácil que perderam, e que faziam de tudo apenas para conseguir de volta as vantagens perdidas. 
Quanto a essa segunda turma que esta agindo agora, é cedo para dizer qualquer coisa, só nos resta observar e torcer para que os bagunceiros não tenham qualquer influência sobre eles. 
E aproveito para parabenizar o colega Euclides Filho pela iniciativa de jogar limpo e com serenidade, bem que poderia ser um bom exemplo dentro de casa e fora de casa, o melhor. 
Estamos de olho
Fotos Euclides Filho
Faça um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá 👋
Como podemos te ajudar?
Envie-nos uma mensagem agora para obter ajuda.
Powered by