Mais uma morte durante parto em Afonso Cunha

Um bebê nasceu morto em Afonso Cunha por falta de ambulância e medicamentos, esse é o relato que populares tem feito pelas ruas cidade. 
Segundo informações, uma mulher foi levada para o hospital de Afonso Cunha por volta de meia noite já com a dores de parto. O médico vendo a situação entendeu que ainda não era o momento, mas não tinha como deslocar a gestante para outra cidade porque a única ambulância de Afonso Cunha está quebrada, optou então por aguardar, e realizar o procedimento ao amanhecer. Já durante o parto, faltou o medicamento usando para o organismo gerar contrações, o que dificultou o trabalho do médico e terminou sendo crucial, pois ainda de acordo com os relatos, a criança teria ficado “enganchada, morrendo por asfixiada”.
Prefeito de Afonso Cunha, Arquimedes Bacelar, nomeou a irmã Secretária de Saúde
como resultado a cidade amarga um desastre na saúde
Essa é a segunda morte, só nesse ano, que acontece no Hospital de Afonso durante um parto, a primeira foi em março, onde mãe morreu ao tentar dar luz na cidade. Relembre clicando AQUI.  
Esse é o retrato da saúde em Afonso Cunha, onde no hospital falta ambulância, medicamentos, insumos e até refeição para os pacientes e acompanhantes.
Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *