Mais um trambique…

Os associados do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) de Coelho Neto terão uma bela surpresa quando precisarem do veículo pertencente a entidade e que serve para amparar os filiados, dando agilidade no acompanhamento e atendimentos em questões atinentes aos interesses dos associados e do sindicato.

O veículo que foi adquirido com recursos das contribuições que os filiados fazem ao STTR Coelho Neto foi capotado na tarde de ontem, segunda-feira (27/05), quando era dirigido por um condutor sem habilitação, que faz uso de medicamentos tarja preta, e sem nenhum tipo de vínculo com o sindicato.

Segundo relato feito ao Blog Observatório dos Cocais, o motorista que usava o veículo no momento do acidente é pessoa ligada diretamente ao vice-prefeito de Coelho Neto, Antônio Pires, que apesar de não ter nenhum cargo formal na direção da entidade, manda e desmanda lá dentro.

Ainda segundo informações repassadas, esse motorista faz algumas atividades em nome do sindicato, e também para Antônio Pires, no veículo apesar da ausência formal de vínculo. Em troca receberia uma pequena “ajuda de custo” através do sindicato, recebendo muito abaixo do salário mínimo.

Esta é uma situação completamente atípica, sem falar na grande hipocrisia que é um dito líder sindical, defensor do direito dos trabalhadores, “contratar” pessoa sem carteira assinado em troca apenas de “ajuda de custos”

Essa será uma conta cara para o Sindicato e seus filiados assumirem.

Faça um comentário