Luís Serra não aparece para falar com o eleitor, analisa vereador coelhonetense

Em 2016 campanha de Luís Serra foi marcada pelas inúmeras cenas cômicas protagonizadas pelo empresario

Muito se fala sobre a possibilidade do empresário Luís Serra (PSDB) tentar mais uma vez ser candidato a prefeito de Coelho Neto na eleição que se aproxima. Dono de um grande poder financeiro, tendo obtido mais de 8 mil votos na última eleição municipal, o empresário conta com a $impatia de algumas liderança$ menores da cidade, que tentam a todo custo estimular o homem a encarnar o papel de pré-candidato, mesmo que seja muito cedo para isso.

Com a possibilidade de o empresário voltar a se candidatar, a classe política começou a dizer o que pensar a respeito, e o primeiro a tratar o assunto publicamente foi o vereador Mohabe Branco (PSD), que esteve em 2016 no palanque do tucano.

Ao comentar sobre a candidatura de Luís Serra, o vereador foi bastante duro, relembrando que para obter 8 mil votos em 2016 o empresário teve o apoio de um forte grupo político, e que esse mesmo grupo foi esquecido tão logo as urnas proclamaram o resultado. Ao final, Mohabe ainda questiona como pode Luís Serra ser considerado favorito e ou líder de pesquisa, se nem mesmo se comunica com o eleitor.

Ainda faltam mais de 01 ano e 02 meses para a eleição, Luís Serra tem pela frente bastante tempo para refletir se sairá ou não candidato a prefeito de Coelho Neto. Mas a julgar pelas redes sociais, onde sofre inúmeras criticas pelo que aconteceu com a Feira do Brás em 2017; e pela também classe política, que desconfia do empresario pelo fato de ter sumido após a eleição de 2016, Luís Serra não conta com a preferência dos coelhonetenses, e nem terá vida fácil se decidir novamente ser submetido a avaliação das urnas.

Voltamos a qualquer momento com mais informações

Faça um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá 👋
Como podemos te ajudar?
Envie-nos uma mensagem agora para obter ajuda.
Powered by