Flávio Dino põe fim ao reinado de Duarte Junior no VIVA/PROCON

O governador Flávio Dino (PCdoB) acaba de confirmar em entrevista na TV Difusora que estará mudando nos próximos dias a presidência do VIVA/PROCON. Saí da direção do órgão a advogada Karen Taveira e assume o também advogado Carlos Sérgio.

A mudança é uma derrota para o deputado estadual Duarte Junior (PCdoB), que havia deixado a direção do VIVA/PROCON em março do ano passado para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa, mas deixou em seu lugar sua namorada.

Desde que foi eleito Duarte Junior já demonstrava que queria manter o órgão sob sua tutela, tanto que ainda no final de 2018 entrou em atrito com uma secretária do governador ao tentar forçar conversa sobre a previsão orçamentaria do VIVA/PROCON para 2019.

Cabe destacar ainda, que o deputado estadual Duarte Junior responde a uma ação de cassação do mandato e inelegibilidade na Justiça Eleitoral, pela pratica de abuso de autoridade e abuso de poder político ao fazer promoção pessoal com a estrutura do Procon/MA, ambos com a cooperação da sua namorada, Karen Taveira, que presidia o órgão.

Já no cargo, deputado estadual vinha usando o órgão estadual como um puxadinho de seu mandato, fazendo do VIVA/PROCON um trampolim para a eleição municipal de 2020, o que vinha causado ciúmes e desgastes na base de apoio do Governo Estadual dentro da Assembleia Legislativa.

Mais recentemente, o Duarte Junior entrou em atrito com o também Deputado Estadual Zé Gentil (PRB), que criticou a direção do VIVA/PROCON por não o convidar para ação de lançamento do “RG+”, que determina o ingresso do tipo sanguíneo e outras informações na Carteira de Identidade, criado por Lei de sua autoria e que teve Duarte Junior como coautor.

“O Duarte senta ao meu lado, mas fez o lançamento do RG+ aqui em São Luís e não me convidou. Embora ele coautor, que para mim não existe isso nesta Casa de coautoria, ele como coautor, que se diz, fez o lançamento. Ele apenas subscreveu junto comigo. Lamento que na festa que você promoveu, disse à sociedade que o projeto era seu. Eu fico temeroso, daqui para frente, de ter vários problemas dessa natureza”, afirmou Zé Gentil na época.

Com a saída de Karen Taveira do órgão, o governador Flávio Dino acalma os ânimos em sua base na Assembleia Legislativa, ao mesmo tempo acena que não permitirá que ações do Governo Estadual sejam usada como trampolim por ninguém.

Faça um comentário