ENTROSAMENTO: Flávio Dino bate na trave, mas Rubens Júnior marca o gol

Como já virou tradição na inauguração de espaços para a prática esportiva, o Governador Flávio Dino (PCdoB) foi para a marca do pênalti após a solenidade de entrega da Praça Negro Cosme, que aconteceu na última sexta-feira (06/09) no Bairro Fé Deus, no entanto, em uma rara falta de pontaria o governador perdeu sua cobrança.

Em seguida, foi a vez do deputado federal licenciado, atualmente secretário de estado das cidade, Rubens Pereira Júnior ir para à marca da cal onde teve melhor sorte que o Governador executando uma cobrança firme e certeira, fez a rede balançar deixando o goleiro estático no centro do gol, um belo gol.

O episódio relatado acima, amplamente divulgado nas redes sociais, pode ter algum simbolismo eleitoral se lembrarmos a trajetória de Flávio Dino. Em 2008, quanto exercia seu primeiro e único mandato de deputado federal, Flávio Dino colocou seu nome na disputa pelo Palácio La Ravadière. No início do pleito era apenas um ilustre desconhecido que tinha menos de 10% da preferência do ludovicense, mas isso não o impediu de seguir firme, falando com propriedade, seriedade, tendo ótimas aparições e demonstrando coerência nos debates, foi conquistado aos pouco o eleitorado e ao final do 1º turno foi o segundo colocado, contado com a preferência de 34,28% dos eleitores da capital.

No entanto, como bem sabemos, Flávio Dino não venceu aquela eleição, sendo derrotado pelo saudoso João Castelo. Essa foi sua bola na trave!

Hoje quem pode seguir os passos de Flávio Dino é o deputado federal licenciado Rubens Pereira Júnior, que em 2020 provavelmente colocará seu nome para apreciação da população de São Luís.

Rubens Júnior, tal qual Flávio Dino em 2008, aparece na rabada das pesquisas, ainda que não demonstre a musculatura eleitoral, tem a seu favor a simpatia do Palácio do Leões, uma produtiva relação de amizade com o Governador que mais cumpre promessas em todo Brasil, tendo como grande aliado Flávio Dino dono de uma Gestão Estadual que é uma das mais bem avaliadas no país. Algo que faltou ao próprio Flávio Dino em 2008.

Da esquerda para direita: Rubens Junior, Osmar Filho, o prefeito de Pinheiro Luciano Genésio, e Neto Evangelista.

Destacando, que em uma disputa eleitoral que historicamente é decidida apenas no segundo turno, Rubens Júnior vem cativando uma boa relação com os demais, e prováveis, pré-candidatos a prefeito da capital, tal como Osmar Filho e Neto Evangelista, ciente que o momento não é de rupturas e discussões, mas de construção e diálogo que permita na frente o encontro de ideias e união entre os campos políticos visando o melhor caminho para São Luís.

Em 2020 Rubens Júnior pode marcar o gol que Flávio Dino não fez em 2008.

Voltamos a qualquer momento com mais informações!

Faça um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá 👋
Como podemos te ajudar?
Envie-nos uma mensagem agora para obter ajuda.
Powered by