ENTREVISTA – deputado Rafael Leitoa concede entrevista ao jornalista Felipe Klamt

Deputado estadual em segundo mandato, integrante de familia política correndo sangue de esquerda, filho da Região Leste, sempre ponderado e harmonioso nas relações partidárias, escolhido a dedo pelo governador Flávio Dino (PCdoB) para o papel de líder do governo na Assembleia Legislativa do Maranhão deve mudar as formas de relações com a oposição. Rafael Leitoa (PDT) ocupa seu espaço conquistado na nova geração no poder.
Klamt: Com Flávio Dino reeleito, ampla maioria na Assembleia Legislativa, sem uma oposição unida e forte, como será o seu papel de líder do governo?
Rafael Leitoa: Temos uma missão muito grandiosa e desafiadora à frente. De um lado, como deputado, existe um mandato para organizar, apresentar Requerimentos, Projetos de Lei e Indicações, levando em consideração de que ele me foi entregue por mais de 45 mil pessoas; do outro, cumpro agora o papel de defensor de um governo reconhecido exitoso por quase 60% dos eleitores maranhenses. Como líder, o diálogo, com oposição e quem apoia o governo, será nossa principal ferramenta. A desunião ou tamanho da oposição não será parâmetro para nossas ações. Trabalharemos sempre com respeito às divergências, salutares e necessárias numa democracia.
Klamt: Na política nada está cedo, como a sua região faz a leitura para 2022, existe a possibilidade da Região Leste apresentar um candidato?
Rafael Leitoa: Há quatro meses o governador Flávio Dino foi reeleito em primeiro turno, assim como diversos políticos do Leste maranhense. Qualquer discussão, indicação ou ansiedade em ter um candidato de nossa região agora é precipitada e acredito que desrespeitosa. Somos um grupo unido e forte, que buscará nestes quatro anos, manter a qualidade do que foi o governo de Flávio Dino e sua equipe, reconhecido nacionalmente como o que mais cumpriu as promessas de campanha. Como líder, apresentarei as propostas desta manutenção de trabalho no Legislativo Estadual e as defenderei.
Klamt: Seu estilo político sempre foi da harmonia, como lidar com uma oposição ávida pela sobrevivência e volta do poder?
Rafael Leitoa: A oposição está, e estará, no seu papel ao discordar do que não achar conveniente. Porém, nós, avaliando sempre o que for melhor para o Maranhão, apresentaremos as propostas enviadas pelo Executivo e as defenderemos. Reforço que o respeito às divergências e o diálogo serão sempre as bandeiras como líder de governo
Faça um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá 👋
Como podemos te ajudar?
Envie-nos uma mensagem agora para obter ajuda.
Powered by