Empresário recusa renovar aluguel com prefeito de Afonso Cunha, e sofre atentado na Madrugada

A cidade de Afonso Cunha vem experimentando tempos sombrios desde a chegada do prefeito Arquimedes Bacelar (PTB) ao comando da cidade. Não bastasse todos o descaso que impera na cidade, quem se opõe ao gestor municipal tem sofrido com ameaças, perseguições, e até mesmo atentados. 
Agora, a vítima da vez é o empresário conhecido como Vasconcelos, dono do único posto de combustível existente no município. Conforme relato do empresário a polícia civil, o mesmo tinha uma relação comercial com o prefeito Arquimedes Bacelar, tendo em vista que o gestor municipal seria arrendatário do Posto de Combustível já citada, mas o empresário teria decidido não renovar o contrato de arrendamento, e desde então vinha sofrendo da parte do prefeito ameaças contra sua vida. 
Empresário havia registrado ontem, segunda-feira (14/01) Boletim de Ocorrência contra Arquimedes Bacelar por ameaças
O que era apenas uma ameaça, virou fato concreto nesta madrugada. Segundo Vasconcelos, por volta das 03:00 foi verificar o motivo dos seus cachorros latirem muito, e ao acender a luz da sala um disparo de arma de fogo foi disparados contra sua casa, e por pouco não lhe acertou. Ainda segundo o empresário, era pelo menos dois indivíduos que estavam na parte externa de sua propriedade. 
Cabe lembrar ainda, que esse não é o primeiro atentado a bala, com provável motivação política, que acontece em Afonso Cunha. Ainda em 2018, o ex-prefeito José Leane (MDB) também foi alvo de disparos quando retorna de uma festa de aniversário.
Como já disse, são tempos sombrios em Afonso Cunha, todo cuidado é pouco ainda mais quando se faz oposição ao prefeito Arquimedes Bacelar. 
Faça um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá 👋
Como podemos te ajudar?
Envie-nos uma mensagem agora para obter ajuda.
Powered by