E TOME TACA: Justiça volta a condenar ex-prefeito Soliney Silva.

Ex-prefeito Soliney Silva é condenado pela Justiça pela ausência de prestação de contas de recurso recebidos do Governo Estadual.

Essa é fresquinha, em decisão judicial no âmbito da comarca de Coelho Neto, o juiz Paulo Roberto Brasil condenou o corrupto ex-prefeito Soliney Silva (MDB) por crime de improbidade administrativa, a perda dos direito políticos e também proibição de contratar, receber benéficos ou incetivos do poder público.

Na ação movida pela Prefeitura de Coelho Neto, foi alegado que Soliney foi omisso em sua obrigação de prestar contas de recursos recebidos do Governo Estadual, levando o Município a ser inscrito no Cadastro de Inadimplentes do Estado, ficando assim impossibilitado de firmar convênios com o Governo do Maranhão.

O ex-prefeito tentou se defender atribuindo a responsabilidade a terceiros, jogando a culpa para a equipe de Secretários da época, sugerindo que eles fossem condenados em seu lugar. Ladainha que não convenceu a Justiça.

“Diante do exposto, julgo procedente o pedido formulado na inicial para condenar o requerido Soliney de Sousa e Silva, qualificado nos autos, pela prática de atos de improbidade administrativa, na forma do art. 11, VI, da Lei nº 8.429/92, por ter atentado contra os princípios da Administração Pública, em face da não prestação de contas do Convênio n° 55/2008, junto a Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano – SECID, no valor de R$ 1.186,84,00 (um milhão, cento e oitenta e seis mil, oitenta e quatro reais)”, anotou o juiz em decisão proferida dia 05 de agosto de 2020.

Lembrando que Soliney vem acumulando condenações na Justiça, somente no Judiciário Federal o corrupto ex-prefeito já teve bloqueado mais de R$ 30 milhões de reais por conta de atos lesivos contra administração pública municipal.

É como dizem, a Justiça tarda mais não falha.

CONFIRA A DECISÃO DA JUSTIÇA NA INTEGRA CLICANDO AQUI.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *