Duarte Junior, mau caratismo até para fazer o “bem”.

O inepto deputado estadual Duarte Junior (PRB), aquele que é acusado pelo Ministério Público Estadual de ter usado e abusado a estrutura de VIVA/PROCON para ganhar seu primeiro mandato eletivo, mais uma vez expôs nas redes sociais sua falta de caráter.

Com viés puramente eleitoral, o parlamentar divulgou nas redes sociais que estaria doando metade (50%) do seu salário para ações de enfrentamento ao COVID-19. No entanto, o valor doado, R$ 9 mil reais, corresponde apenas a apenas 30% do que a Assembleia Legislativa do Maranhão paga para Duarte Junior mensalmente a título de salário, sendo bem inferior aos R$ 15 mil prometido.

Antes que o parlamentar corra para as redes sociais alegando que doou apenas o valor referente ao salário líquido, não custa lembrar que os descontos que ocorrem em seu contracheque tem caráter caráter previdenciário, logo retornarão para ele no futuro.

Importa destacar também, que algumas semanas atrás Duarte Junior reuniu-se com um pequeno séquito de deputados, e anunciou que proporia no Plenário da Assembleia Legislativa Projeto de Decreto Legislativo que reduziria o salário dos deputados estaduais a metade, onde a diferença seria destinada para iniciativas de prevenção, combate e tratamento do COVID-19. Porém, consulta a mesa diretora do parlamento maranhense revela que nenhum projeto desse tipo foi proposto até agora.

Por tudo isso, é fácil perceber que Duarte tem adotou pandemia como plataforma eleitoral, mantendo em suas redes sociais a narrativa que não condiz com a realidade apenas para vender a imagem de bom moço.

E a nova política fede como a velha.

Comentários do Facebook