Coelho Neto: Secretaria de Educação em dialogo com os servidores

Na tarde hoje (23), os servidores
efetivos da Secretaria Municipal de Educação e Cultura estiveram no teatro
municipal para ouvir por parte do Secretário da pasta Milton Mourão, alguns
esclarecimentos.

Servidores da Educação atendem convocação e lotam teatro municipal
O primeiro ponto levantado pelo
Secretário foi quanto ao pagamento dos salários do mês de dezembro, onde ele
disse, que enquanto aquela conversa acontecia os salários estavam sendo
creditados nas contas dos servidores. Sobre o salário de fevereiro, ele disse
que não poderia dar nenhuma previsão a esse respeito, uma vez que a elaboração da
folha de pagamento e ordens de pagamento são emitidas pela Secretária de
Administração, e nenhuma informação a respeito do assunto tinha sido repassada a ele até aquele momento. 

Secretário Milton Mourão em fala aos Servidores da Educação
Logo depois ele abordou a questão das
permutas. Explicou que cada caso precisara ser visto e analisado cuidadosamente,
mas que enxerga com bons olhos desde que não cause prejuízos a administração municipal,
e nem as partes envolvidas. Citando exemplos, ele falou que tem professores efetivos
prestes a se aposentarem, que estão a pelo menos 10 anos sem entrarem em uma
sala de aula, que “terceirizaram” uma outra pessoa para darem aulas em seu
lugar. No final o professor efetivo se aposentará com o salário que a lei lhe
garante, e quem deu aula no lugar dele não terá direito a nada. 

Um outro caso
citado como exemplo, foi o do professor efetivo de Coelho Neto, mas que mora em
Anapurus, enquanto tem um professor efetivo de Anapurus que moram em Coelho
Neto. Então esses professores fazer uma permuta para ficarem em suas cidades,
porém um professor efetivo em Anapurus recebe de salários pouco mais de R$ 2 mil reais
por mês, enquanto um professor efetivo de Coelho Neto recebe pouco mais de R$ 3 mil
reais por mês, como resultado a prefeitura de Anapurus terá um servidor bem
renumerado, com salário pago por Coelho Neto e bem motivado, enquanto Coelho
Neto terá um servidor pago com salário de Anapurus, ganhando menos e pouco
motivado.


 Quanto ao retorno as aulas, Milton
explicou que haverá um segundo encontro com os servidores no dia 02 de março,
uma quinta-feira, onde será formalizado as escolas de destino dos professores,
e anunciado oficialmente o dia de retorno às aulas.

Ao final Milton disse que todas as críticas
que tem sido absorvidas com muita naturalidade e tranquilidade, que nada disso
foge da normalidade e do processo democrático, era até esperado pelo novo
governo que surgissem descontentamentos e insatisfações, afinal muitas pessoas tiveram
de sair de sua zona de conforto. Destacou ainda seu compromisso enquanto
educador, e servidor da rede de ensino municipal em atuar por uma Educação de qualidade.

O professor e Presidente da Câmara de Vereadores Osmar Aguiar
fala brevemente sobre educação do município 
Ao final quem apareceu no teatro, e
fez uso da palavra foi o professor e presidente da Câmara Municipal, vereador
Osmar Aguiar (PT). Que reforçou a importância daquele encontro, onde os
servidores puderam olha na cara do Secretário de Educação, e ouvir dele todos
os esclarecimentos que se faziam necessários, e desejou ao Secretário, sua equipe
e a todos os servidores da educação um ano letivo de muita paz, e tranquilidade.
 
Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *