Acordos “escusos” e falência da Saúde Municipal levam governo Fábio Gentil ladeira abaixo

A população Caxiense ao que parece não tem comprado a ideia de Fábio Gentil (PRB) como única liderança política de Caxias, é o que traz ao público hoje, sexta-feira (19/04), edição do Jornal O Pequeno em coluna assinada por Jotônio Vianna.

O colunista revela que pesquisa eleitoral de consumo interno apontou o crescimento da rejeição ao governo Cabeludo, crescimento esse que se deve principalmente ao fracasso da Saúde que Caxiense, onde pessoas morrem por longas esperas e atendimento médico inadequado, segundo a própria população.

Outro fator que também puxa o cabeludo para baixo, são os acordos sombrios que tem sido feitos nas sombras de Caxias. Recentemente o prefeito Fábio Gentil levou para sua base o deputado estadual Adelmo Soares (PCdoB) e sua esposa, Aureamelia Soares (PCdoB), que foi eleita vereadora para ser oposição e agora tem um belo cargo de enfeite no secretariado municipal.

E agora, o prefeito tenta de todas as formas levar o clã Coutinho para debaixo de suas asas. Os mesmos Coutinhos que ele destronou após 12 anos a frente da cidade, e cuja a campanha de Fábio Gentil foi em cima da promessa de mudança. Uma mudança que até agora não veio!

A gestão do prefeito Fábio Gentil vai mal, o descaso na saúde é de conhecimento público, e os acordos feitos na intocada da noite levam Caxias para o buraco, literalmente.

Faça um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *