A agenda de Rubens Junior

O Secretário de Estado Rubens Pereira Junior (PCdoB) é com certeza o auxiliar do governador Flávio Dino (PCdoB) que mais tem se movimentado em São Luís nos último meses.

Secretário Rubens Junior com o arcebispo Dom Belisário, conversa sobre as ações da SECID, onde também foi falado sobre o projeto Nosso Centro, programa muito bem aceito pela igreja católica.

Tendo nas mãos a tarefa de executar o maior, e mais arrojado, projeto já realizado de restruturação e requalificação do Centro da Capital maranhense, o deputado federal licenciado em percorrido a cidade construindo pontes, criando relações, e mantendo dialogo com vários atores políticos, setores econômicos e até mesmo autoridades eclesiásticas da cidade dos azulejos.

Em suas andanças, deputado/secretário tem levado debaixo do braços o amplo leque de atuação do Nosso Centro, sendo cuidadoso o bastante para explicar com riqueza de detalhes os principais pontos do projeto, desde sua concepção, passando pelo planejamento, objetivos e meios de realização.

Na sede da Federação das Industrias do Estado do Maranhão (FIEMA), Rubens Pereira Junior detalhou o programa Nosso Centro e conquistou apoios 

Em suas falas, Rubens Pereira Junior sempre deixa claro que o Nosso Centro não é um projeto de reforma ou recuperação de casarões, pura e simplesmente. É uma ação do governo estadual que visa levar dignidade para as pessoas que moram e também para a que visitam o centro de São Luís, propondo intervenções que tem como objetivo a geração de emprego, a distribuição de renda e circulação de capital. Tudo isso sendo feito de forma a valorizar uma área culturalmente importante de São Luís e do Brasil, respeitando a historicidade ao mesmo tempo que propõe uma ocupação inteligente que faça melhor uso dos espaços disponíveis.

Secretário Rubens Junior com o Prefeito Edivaldo Holanda, na pauta o projeto Nosso Centro e parceria institucional para o Sucesso do Programa. 

“Vamos corrigir distorções, tal como prédios abandonados ou estruturas que estão parcialmente ou totalmente no chão; incentivar uma ocupação responsável e inteligente, quando possível for; ao mesmo tempo que promovemos o fortalecimento da economia na área, possibilitando a chegada de novos negócios e empreendimentos;  e através da promoção eventos culturais que resgatem nossa memoria histórica atrairemos mais visitantes da capital e turista vindos de todas as parte do país e do mundo”, fala entusiasmadamente Rubens Pereira Junior.

Faça um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *